terça-feira, 10 de junho de 2014

Cicatrizes da Alma

ROMANCE CONTEMPORÂNEO 
Série Coroa de Santina 









Parem as máquinas! 

Aristocrata recluso se casa!
Rafe McFarland, oitavo conde de Pembroke e galã do século XXI, casou-se secretamente com a ex-modelo Angel Tilson!
Boatos dão conta de que ela estava passando por dificuldades financeiras e que a união com o atormentado bilionário tenha sido por pura conveniência...
Agora, com os termos do acordo negociados, eles dificilmente sairão do quarto, já que sua nova mulher terá de pagá-lo em espécie...

Capítulo Um


Uma coisa era decidir que você ia capturar um marido rico para salvá-la de sua vida, mais especificamente da situação financeira desesperadora na qual você se encontrava, não por culpa sua, pensou Angel Tilson, enquanto olhava ao redor do salão de bailes, e outra bem diferente era fazer isso. 
Ela não sabia qual era seu problema. Estava no meio de uma multidão de pessoas ricas e com títulos. Aristocratas e membros da realeza preenchiam o salão de bailes do Palazzo Santina e ameaçavam ofuscar os enormes candelabros pendurados acima de suas cabeças. 
Ela podia sentir a riqueza saturando o próprio ar, como um aroma exclusivo. Aquela era a primeira vez nos 28 anos de Angel que ela se encontrava numa sala num salão de bailes de um palácio, na verdade, mas ainda, tecnicamente, uma sala com um grupo de príncipes. Deveria estar radiante. Disse a si mesma que estava.
Tinha viajado desde o bairro modesto em Londres para a linda Santina, esta pequena ilha no Mediterrâneo, a fim de celebrar o surpreendente noivado da meia-irmã favorita com um príncipe de verdade. E estava feliz por Allegra e pelo adorável príncipe Alessandro... é claro que estava. Muito feliz. 
Mas se a doce e sensata Allegra podia estar noiva do príncipe herdeiro de Santina, Angel não via por que não poderia encontrar um marido rico para si mesma, ali naquela ilha paradisíaca e próspera, onde havia uma abundância de homens ricos. Ele nem mesmo precisava ser da realeza, pensou ela, com generosidade, observando ao redor de sua posição perto de um dos grandes pilares que alinhavam o salão. 
Tudo o que Angel necessitava era de uma conta bancária grande e sólida. Queria fingir que aquilo era tudo uma brincadeira, mas não era. Ela estava desesperada. Angel sentiu que a expressão dela estava fechada e fez um esforço consciente para suavizá-la. Uma carranca dificilmente agradaria alguém, muito menos inspiraria repentinas propostas de casamento do tipo de homens que podiam comprar todos os sorrisos que quisessem do jeito que pessoas comuns como Angel compravam leite e ovos. 
— Você é capaz de sorrir com facilidade, querida — dizia a mãe dela, sempre naquele tom baixo, em geral pontuado por um dos sorrisos sexy que era a marca registrada de Chantelle. 
Esse e “por que não se casar com um homem rico, se você deve se casar com um, de qualquer forma”? Eram os conselhos maternais de Chantelle. Nunca mamãe, sempre Chantelle. Mas pensar no encorajamento e cumplicidade da mãe não ajudava. 
Não agora, enquanto ela estava enterrada até o pescoço em outra das confusões de Chantelle. Mágoa, fúria e incompreensão a envolveram outra vez com o pensamento das 50 mil libras que a mãe tinha gastado num cartão de crédito que retirara no nome de Angel “por acidente”. 
Angel descobrira a horrível conta sobre o tapete da porta de casa um dia, com uma aparência tão inofensiva, à primeira vista, que ela quase jogara no lixo. Mas então, abrira a fatura e, depois do choque inicial, descobrira imediatamente que a mãe era a culpada por aquilo, que não era algum tipo de engano. 
Não era a primeira vez que Chantelle havia pegado dinheiro “emprestado” de Angel, nem mesmo o primeiro “acidente”, mas era a primeira vez que ela exagerara tanto.

7 comentários:

  1. olá.... esta série parece interessante! :)

    ResponderExcluir
  2. não consigo achar o livro o que tem e de outra autora...
    me ajuda estou doida pra ler,
    bjimmm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Patricia procure direito menina...está lá sim, vai ver vc está confundido com o Título Cicatriz da Alma, é Cicatrizes no plural, bjs, boa leitura

      Excluir
  3. Jenna obrigada Adooorei o livro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patricia conte mais do livro kkkkk, bjs

      Excluir
  4. adorei a serie, já li os livros disponíveis, procurei os restante da serie mas não encontrei e não vejo a hora de todos estarem disponíveis. bjoss

    ResponderExcluir
  5. Esse é muito intenso, foi escrito c capricho. P mim o melhor da série...simplesmente apaixonante.

    ResponderExcluir

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?
Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Carla