quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Noites Arabes de Sheikh

ROMANCE CONTEMPORÂNEO
AMANTES DO DESERTO







A vida ensinou ao príncipe Vereham al a'Karim bin Hakar que é preciso ter um controle inabalável sobre suas emoções.

Como soberano de seu reino, ele deve manter uma postura discreta, e até mesmo enigmática.

Mas Vere não estava preparado para encontrar Samantha McLellan e ser seduzido por sua beleza e inocência.
Abalado pelas chamas da paixão, ele entrega seu coração a Sam... Mas logo se arrepende, pois há indícios de que ela seja uma traidora de seu país! Agora, para retomar o controle sobre a situação, só lhe resta uma saída: chantageá-la... e fazer dela sua amante!

Capítulo Um

Vere olhou olhou pela janela de seu escritório no palácio de Dhurahn, mas não tinha a atenção voltada para a beleza dos jardins planejados por sua falecida mãe, pois seus pensamentos estavam no deserto que ficava mais além.
Precisava do deserto, e essa necessidade intensa já lhe era muito familiar, pois estava gravada em seu corpo, e neste momento o inundava.
Queria deixar de lado os deveres e as complexidades de ser o soberano de um país árabe moderno, e aproveitar esse lado de sua herança que pertencia ao deserto e aos homens que amavam o deserto.
De certa maneira, em breve o faria, mas não de uma forma plena e livre.
Era a responsabilidade para com seu país e seu povo que o levaria ao que era conhecido como "quarteirão vazio" do deserto e às fronteiras com seus dois vizinhos no Golfo.
Ao cruzar o escritório para ver o pátio, onde os criados preparavam sua partida, tinha o ar distante que lhe era tão peculiar, mas que os desconhecidos viam como uma arrogância real.
Vere sentiu o peso de sua responsabilidade pelo direito de primogenitura com relação a Drax, seu irmão gêmeo. Afinal, era o mais velho.
Além disso, por natureza, sempre via as coisas pelo lado do coração e mais a sério que Drax.
Para Vere, governar Dhurahn como seus pais gostariam era um dever quase sagrado.
Só numa única ocasião a saudade do deserto e da sensação de solidão fora tão intensa quanto agora: logo após a morte trágica de seus pais — sendo que a perda de sua mãe fora particularmente sofrida.
Esse pensamento por si só já bastaria para Vere se determinar a um controle brutal dos sentimentos que considerava uma fraqueza pessoal inaceitável.
Era inconcebível acreditar que o desejo que sentia por uma dessas mulheres ocidentais que vinham para o Golfo dispostas a vender o corpo em troca de um estilo de vida, prontas a se dar pelo menor pretexto, abertamente, sem nenhuma vergonha, só pudesse ser aplacado no mesmo lugar onde buscara consolo pela perda da mãe.
Era mais do que impensável. Era uma profanação e uma falha pessoal da mais alta ordem.
Já fazia muitos anos que perdera os pais.
Vere era um adolescente que lutava para se transformar num homem e se preparava para ser um governante, com todas as responsabilidades inerentes à função.
Naquele momento de vida, a perda da mãe irlandesa lhe tirara algo muito precioso. Com a sabedoria de seu amor, ela ensinara ao filho a valorizar os sentimentos mais nobres, ao invés de querer igualar a força do pai.
O sofrimento de Vere foi muito intenso.
Para conseguir seguir seu caminho, ele precisou se proteger de algum dia ter de suportar novamente a mesma dor.
Para um homem na sua posição, a solução para o sentimento que ameaçava destruir seu autocontrole seria, supostamente, satisfazer esse desejo, pelo casamento, ou com uma amante.








Sheikh's Arabian Night
1. The Sheikh's Virgin Bride
2. One Night with the Sheikh
3. Possessed by the Sheikh
4. Prince of the Desert
5. Taken By The Sheikh
6. Amantes do Deserto

2 comentários:

  1. Muuito boom o seu Blog, Adoreei esses Livros são Maravilhosos, Sou fã de Romances Já li muitos, tenho um monte no meu Computador, Acho que nunca vou parar de ler esses romances são histórias maravilhosas.

    ResponderExcluir
  2. Para mim a cada romance que leio,faço uma viagem crio outro mundo para mim! já passei por muitos momentos dificieis na vida ,mais estes livros é um dos meus maiores refurgios foi nessses livros que achei abrigo e os superei. Posso dizer que como seus personagens sou uma sobrevivente . viva a Vida com romance !!!

    ResponderExcluir

Oiiiiii...Não vai sair sem deixar um comentário vai?
Aqui é seu canal compartilhando a leitura...Conte para nós o que achou do último livro que leu ou lendo, livros que está afins de ler, comente o que desejar sobre o blog, os livros, só não vale detonar revisões e sim agradeçam as revisoras que fazem com carinho a leitura chegar à vocês!
bjs, Jenna e Seriam.